domingo, 18 de agosto de 2013

Fazendo um spin na rede

Em nota, Lula desmente afirmações de matéria da Folha
CUT marca atos para dias 4, 9 e 11 de Julho
Os fascistas “apartidários” mostram a que vieram
Som na Caixa: Zaira Cavalcanti canta Vou Pedir à Padroeira
Paolo Gerbaudo: Os partidos sempre existiram. Nos tempos de Roma, existia o partido popular e o dos patrícios. Hoje se critica os partidos políticos, mas a realidade é que eles têm uma base massiva. Mesmo em um país tão apolítico como o Reino Unido, os conservadores têm cerca de três milhões de membros. Isso significa que esses partidos têm certa legitimidade. Inclino-me pela tese de Gramsci, que defende a convivência de movimentos e partidos.
Os movimentos podem ter um efeito autodestrutivo. É o que ocorreu em certa medida no Egito, onde os movimentos rejeitaram toda organização e estrutura e o resultado foi que abriram a porta para a vitória da Irmandade Muçulmana que hoje governa o país com resultados desastrosos.
O Bolsa Familia como um direito garantido pela Constituição
Meu comentario
Garantir este direito sagrado aos brasileiros espoliados seria uma forma de assegurá-los de que se trata de uma obrigação do Estado, evitando-se assim que o terrorismo que vimos dias atrás espalhando o boato de que o benefício iria ser extinto, não se repita. O Bolsa Família é sim uma obrigação do Estado brasiliero, imagina só os 3 irmãos Marinho com seus 21 bilhões de reais no bolso ainda serem contra uma familia inteira receber um valor irrisório mas que é tudo: Não  lhes deixa morrer de fome e garante a educação dos filhos


BBC: Debate sobre os custos e o impacto da copa do mundo
Miguel do Rosário: Copa vai gerar R$ 142 bi para o Brasil
Saul Leblon: A esquerda não pode piscar
Vermelho.org: Momento é de ir às ruas, diz Lula aos movimentos sociais
Sistema Nacional LGTB pretende enfrentar o preconceito
Assine a petição da reforma política, uma iniciativa não de agora, do PT
Marina Lacerda: A quem interessa o voto distrital?
Emir Sader: Financiamento público: A questão central do plebiscito
Lula quer o povo nas ruas
Marilena Chauí sobre as manifestações de junho 13
Wanderley Guilherme do Santos: As vitórias da direita radical
O perde-ganha ou ganha-ganha na politica
Ave, Palavra, livro póstumo de Guimaraes Rosa
Maria Frô: O que incomoda é o jornalismo preguiçoso, o jornalismo leviano, o jornalismo classe média
Eduardo Guimarães: Onde estavam a Catanhede e FHC quando Lula encarou a ditadura
Globo deve mais de R$ 600 milhões em impostos
Nassif: Os desafios da democracia digital
Governo gaúcho promove debate na web sobre reforma política
Nassif: As discussões sobre a democracia digital
O perde-ganha ou ganha-ganha na política
Videoconferências do Minc
A última entrevista de Guimarães Rosa
Antônio Cândido e sua concepção de socialismo
Charge de jornal suiço sobre a onde de protestos
O último texto de Tereza Urban
Barroso será o relator do mensalão tucano
Os protestos e a falência das Instituições
Decreto de Cabral beneficiou Luciano Huck, cliente de sua mulher
A caixa-preta dos ônibus
O preço da política de inclusão social
FHC ocupará a cadeira numero 36 na ABL
Edmar Mello: Para Dilma e Barbosa


Do Grupo de Saúde Mental do Jornal GGN: Pelo veto ao ato médico
Dois dos meus médicos são filósofos clínicos, os Drs. Armando Queiroz e Will Goya. E estou muito feliz com eles, espero que a ditadura de roupa branca não venha afastar meus médicos, eles são mais importantes para mim do que esses que cuidam dos meus ossos. Não ao ato médico  e pela liberdade de escolha.
Entrevista de Emir Sader ao Vi o Mundo: Governo paga caro por não ter democratizado os meios de comunicação
Quem banca o ChangeBrazil?
Eduardo Guimaraes: Manifestações renderam gorgetas e agenda conservadora
PHA: Plebiscito  sem constituinte dá em que?
Apoio a Dilma cresce nas redes sociais após pronunciamento
Fernando Brito: Enquete: Maioria é favorável a proposta de reforma
Stedile: Empreiteiras e Globo se apropriaram de gastos exagerados da Copa
Deputados votam contra PEC-37
Meu comentário
Essa imagem é histórica, veja só, não somente as camisas amarelas mas também os risos pálidos destes santinhos do pau oco, eles posavam como forma de dizer "essa coisa de corrupção' não é comigo, enquanto Dilma dava a cara a tapa, mostrava o rosto, fazia propostas, que vergonha senhores deputado, por favor parem de fazer teatro e mostrem a cara de verdade, sem truques, sem disfarces, sem sorrisos falsos


Câmara rejeitou proposta de tipificação da corrupção como crime hediondo
João Novaes/Opera Mundi: Constituintes deram primeiro passo para transformações políticas em outros países
Barroso: Constituinte com plebiscito é legítima
Brizola Neto: A direita grita “sem constituinte, sem reforma”
Karina Vilas Boas e Azael Júnior: Por uma lei da midia democrática
Valter Pomar: A direita também disputa ruas e urnas
Barroso por ele mesmo
Ricardo Sividanes: Por um governo digital
Guilherme Leite Cunha: A catarse da classe média
TJMG: Aécio é reu e será julgado por desvio de R$ 4,3 bilhões da saúde
Tensão em BH: Kd o Aécio Neves?
Paulo Moreira Leite: Para afastar  o dinheiro da politica
Paulo Nogueira: A falácia da “alta” carga tributária
Ricardo Kotscho: Reforma politica é ato de coragem
Serrano: Constituinte é questão politica e não jurídica
Emir Sader: Reforma política nas mãos do povo
Zé Dirceu: “DNA tucano” elitista de tucanos  teme soberania popular
Helena: Com a derrubada da PEC 37 agora é a vez de pedir produção ao MPF
Helena: Globo usa twitter para fazer propaganda para Aécio
Maria Frô: O jurista Ives Gandra a favor da PEC-37
Maria Frô: Prefeito de Belém usou redes sociais para incitar violência contra jovens progressistas
Maria Frô: Quando a direita era a favor da vinda dos médicos cubanos
Mello: A criminalização da homofobia tornou-se uma necessidade urgente
PT defende a taxação das grandes riquezas
Miguel do Rosário: Dilma e a revolução dos coxinhas
Renato Rovai: Quem são os Anonymous
PHA: Constituinte está vivinha da silva
PHA: A democracia made in brazil: Pode quebrar
PHA: Barroso x Gilmar: Já começou
O Estadão: A repercussão da proposta de reformas nas redes sociais
Nassif: Temos presidente
Nassif: A estratégia para enfrentar a crise
GGN: Estádios não receberam verbais federais
Nilva de Souza: A necessidade de incluir o povo nas reformas
Nassif: A supreendente fala de Joaquim Barbosa


Francisco de Assis disse:
Fica esperto, Nassif


Meu comentário
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk A surpreeende gaveta de Joaquim Barbosa. E sempre foi assim. Quando Barbosa não era queridinho da mídia o Estadão mostrou que o ministro, quando estava de licença médica, adorava beber umas biritas em algum bar de Brasilia, a repórter que fez a matéria foi desterrada do Brasil, vamos aos links antes de serrem removidos pelo Google:
Mariângela Galluci, no Estadão: De licença médica, Joaquim Barbosa vai a festa de amigos e a bar em Brasilia
Mariângela Galluci: Babosa no Bar: Ministros e advogados cobram explicações
AE: Barbosa ataca jornal e repórter após ser flagrado em bar
Guerreiros com José Dirceu: Barbosa, estoquista de processos
Guerreiros com José Dirceu: Barbosa e PGR ocultam provas para ferrar Zé Dirceu
Brasil 247: Barbosa quer a cabeça de repórter do Estadão


Barbosa propõe reduzir peso dos partidos
Meu comentário
O figura e seu jogo de cena para cair nos encantos dos "sem partido". Dias atrás li um artigo no Diário da Manhã, de Goiânia, de autoria de um coronel, onde ele criticava a "ditadura dos partidos", foi quando notei que ditadura boa é a ditadura dos sem partido. Barbosa dentro. E olhe la que nem sou contra a participação dos sem partido, pelo contrário, que uma reforma constitucional inclua-os no processo político, melhor do que atuarem em aliança com fascistas, como está ocorrendo no momento. Já que dificilmente o Congresso não aprovaria isso, a saída é o poder que emana do povo pedindo que isso seja feito via constitunte exclusivamente para a reforma política. EM TEMPO: Até parece que os brasileiros ainda não passaram pela experiência de serem governados por um “apartidário”. Esqueceram-se  de Collor
Cristiana Castro: Sobre a constitucionalidade da proposta do plebiscito
Os estudos do senado em 2010 sobre Constituinte
Pra diretor do FMI, dinheiro domina a mídia e a política
A proposta de Dilma foi mais do que acertada
Procurador se refere a Dilma como “senhora bovina”
Eles usam a rede da instituição para este tipo de coisa, enfim, fazem isso com dinheiro nosso, o figura fez um concurso qualquer e adquiriu um poder descomunal, um sem voto querendo governar o Brasil através da ditadura "sem partido", enfim, ele ao se referir a Dilma como tal, não percebe que fala de si, alguma dúvida de que se trata de um bovino de fato podre, tapem o nariz ao passar perto desse procuradorzinho que, como diz, fez uma provinha, passou, foi aprovado e pensa ser o rei da jabuticaba quando na verdade é um borra-botas, um meia-tijela que caga no pijama


G1: Câmara aprova royalties para Educação e Saúde


Acordaram, pois até então ficavam mornando o galo, o próprio "esquerdista" PSB foi um dos responsáveis pela derrota deste projeto naquela primeira tentativa, e agora Eduardo Campos, vai encarar





Marco Antônio L: O projeto de lei da OAB, CNBB e MCCE para a reforma política


Theolg disse: Será que eu não estou conseguindo entender os benefícios do voto em lista?
Para mim, isso vai ser apenas uma maneira de enfiar candidatos tranqueiras em um pacotão e forçar o povo a eleger algumas laranjas podres no meio da sigla de sua preferência.  
Peço a ajuda dos colegas para entender como o voto em lista melhora o processo eleitoral.
Meu comentário


Trata-se de uma forma de se garantir o voto em pessoas jurídicas, o que faz parte da realidade spin. Lá as pessoas jurídicas, todas elas, de supermercados a Igrejas, passando por partidos políticos, sao votados. Ao votar no Bar do Minelvino deverei estar ciente de que qualquer um dos funcionários pode assumir o cargo como representante daquela pessoa jurídica. Como assim, se o funcionário X não recebeu qualquer voto mas, no caso, o Bar como um todo. Caso o candidato Bar do Minelvino seja eleito o Poder Curador, isso que aqui chamam de Judiciário, promoverá um sorteio para que o sorteado assuma o cargo eletivo e, neste período, ficará de licença da empresa. Desta forma as pessoas jurídicas, incluindo os funcionários, pensarão duas vezes antes de maltratar um cidadão, a não ser que não queiram fazer da vida da cidade mediante a vontade do povo.
http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/o-projeto-de-lei-da-oab-cnbb-e-mcce-para-a-reforma-politica
A violência nas passeatas de BH

Meu comentário

A direita quer que a violência se aprofunde e, quando instalada, será socorrida pelos aviões da OTAN e, claro, as grandes corporações, agradecerão de coração as marionetes que terão dado uma forcinha para que os abutres se apossem de nossas riquezas, pré-sal, matas, minérios.... Abramos os olhos antes que seja tarde demais, a coisa mais fácil do mundo é perdemos o controle sobre nosso próprio pais, é esse o que a direita quer: Mais cadáveres por favor

PHGA sobre a pesquisa da Folha: Dá pra fazer uma limonada

Folha: Popularidade de Dilma desmorona após protestos
Meu comentário
Lá do alto, nos confortáveis e invisíveis aviões de OTAN, os abutres inimigos do Brasil mas de olho grande no pré-sal, comemoram os feitos dos seus agentes que conseguiram transformar, da noite para o dia, milhões de pessoas em suas marionetes teleguiadas, não nasci ontem, quais serão os próximos passos dos abutres: Armas nas mãos dos ensandecidos "apartidários", parem com isso antes que seja tarde demais caso não queiram perder este país para as grandes corporações que, após terem "restabelecido a democracia' mundo afora, estão de butuca em alguma esquina desse querido Brasil. Abram os olhos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74